Pastore Car Collection

ver filtros
Categorias
Fabricante
Ano
Opcionais

Pontiac GTO "The Judge"

Cancelar oferta

Oferta para o veículo GTO "The Judge" 1968

Cancelar compartilhamento

Pontiac GTO "The Judge"

  • Informações Gerais

    Marca: Pontiac
    Modelo: GTO "The Judge"
    Ano Fabricação/Ano Modelo: 1968/1968
    Cor: Carousel Red
    Portas: 2
    Dimensões - Comp./Largura/Altura (mm): 5250/1900/1360
    Ocupantes: 5
    Valor: R$ 390.000,00

  • Mecânica e Segurança

    Combustível: Gasolina
    Motor: 6.6L V8
    Potência: 371 CV
    Velocidade Máxima: 199 Km/h
    Câmbio: Manual - 4 velocidades
    Tração: Traseira
    Aceleração 0-100km/h: 6,6 Segundos
    Direção Hidráulica: Sim

  • Acessórios/Opcionais

    Bancos: Vinil

  • Informações Extra

    Placa Preta: Sim
    País de Origem: EUA

ATENÇÃO! Devido a grande rotatividade em nosso estoque, se faz necessário a consulta diretamente em nossa loja para certificar de que o veículo ainda se encontra sob nossos cuidados. O valor do anúncio deve ser confirmado, pois o mesmo pode ter sido ajustado em nossa loja e ainda não ter sido modificado neste site. Obrigado pela compreensão. Pastore Car Collection.

Observações

Pontiac GTO – Tribute “The Judge” 1968/1968. Este bólido foi importado dos EUA em 2010, e foi todo restaurado em 2012 no Brasil, na versão “The Judge” na icônica cor laranja que, na verdade, se chama “Carousel Red” ! O carro é único, sem competidores, sem detalhes e com milhões de admiradores. Soma-se a isso tudo, o fato desse GTO ser PLACA PRETA, onde agrega um valor incomensurável. Estima-se que mais de U$ 60.000,00 foram gastos entre a compra e translado desse ícone na época.

Motor Ram Air 6.6L V8 de 366HP (371CV) e 445lb-ft fe torque (61,5Kgfm).

Ele foi o primeiro “MUSCLE CAR", um ícone Atemporal e continua sendo produzido até os dias de hoje, passados mais de 50 anos depois se seu lançamento. Em 1968 começaram os estudos da versão temida "The Judge", com um pacote estético primoroso e na cor laranja.
Vendo potencial a Pontiac preparou aquele que talvez seja seu maior ícone dos american muscle: o Pontiac GTO “The Judge” - nome que vinha de um programa humorístico muito popular na época, o Laugh-In, da NBC. Nele, o comediante Sammy Davis Jr. sempre repetia a frase “Here comes the judge” — ou “aí vem o juiz”. Respiros no capô, conta-giros do lado de fora do carro e o quarto-de-milha coberto em apenas 14.5 segundos.
O pacote Judge consistia no sistema com entradas de ar maiores, conta-giros no caput, um aerofólio, adesivos e faixas temáticos além da opção pelo belo tom de laranja que, na verdade, se chamava “Carousel Red”. O GTO “The Judge” podia ser um hardtop ou conversível, e respondeu por quase 7.000 das 72 mil unidades do GTO vendidas entre 1968 até 1970. Mas o GTO clássico é único, seu estilo singular, sob o capô e escapes duplos, fazem-no, literalmente, o juiz das estradas para sempre.
Calçados sobre os motores GM, O GTO se tornaria um modelo próprio, pois o motor desloca 400 pol³ /(6548cm³), isto é 6,6 litros. A idéia era contornar uma limitação imposta pela GM, que eliminou a opção de três carburadores, e manter a potência de 360 cv. O motor de economia anterior e padrão 350 hp 400 CID V8 permaneceu, enquanto o 360 hp (270 kW) 400HO foi atualizado para o Ram Air III, avaliado em 366 hp (371 CV) a 5.100 rpm.

Outros veículos sugeridos: