Pastore Car Collection

ver filtros
Categorias
Fabricante
Ano
Opcionais

Infiniti FX35 RWD

Cancelar oferta

Oferta para o veículo FX35 RWD 2009

Cancelar compartilhamento

Infiniti FX35 RWD

  • Informações Gerais

    Marca: Infiniti
    Modelo: FX35 RWD
    Ano Fabricação/Ano Modelo: 2008/2009
    Cor: Prata
    Portas: 4
    Quilometragem: 58.000
    Dimensões - Comp./Largura/Altura (mm): 4859/1928/1651
    Ocupantes: 5
    Valor: R$ 98.900,00

  • Mecânica e Segurança

    Combustível: Gasolina
    Motor: 3.5 V6
    Potência: 307 CV
    Velocidade Máxima: 229 Km/h
    Câmbio: Automático - 7 Velocidades
    Tração: Traseira
    Controle de Tração/Estabilidade: Sim
    Aceleração 0-100km/h: 6,1 Segundos
    Freios: Disco nas 4 Rodas com ABS + EBD + BAS
    Rodas: Liga Leve R18
    Airbag: 6
    Direção Hidráulica: Sim

  • Acessórios/Opcionais

    Faróis: Xenon
    Teto Solar: Sim
    Bancos: Couro com Ajuste Elétrico e Memória
    Ar Condicionado: Digital Dual Zone
    Trio Elétrico (Vidro, trava e espelho elétrico): Sim
    Sistema de Som: Bose
    Volante: Comandos do Som e Borboletas para Troca de Marcha
    Computador de Bordo: Sim
    Piloto Automático: Sim
    Camera de Ré: Sim
    Bluetooth: Sim
    Sensor de Estacionamento: Dianteiro e Traseiro

  • Informações Extra

    País de Origem: Japão

ATENÇÃO! Devido a grande rotatividade em nosso estoque, se faz necessário a consulta diretamente em nossa loja para certificar de que o veículo ainda se encontra sob nossos cuidados. O valor do anúncio deve ser confirmado, pois o mesmo pode ter sido ajustado em nossa loja e ainda não ter sido modificado neste site. Obrigado pela compreensão. Pastore Car Collection.

Observações

Infiniti FX35 RWD 2008/2009! SUV em ótimo estado!

O Infiniti FX35 RWD está equipado com um motor V6 de 3498cm³ que debita 307CV (303HP) de potência a 6800rpm e 36,2 kgfm de torque a 4,800 rpm.

O motor V6 instalado no FX35 RWD de tração traseira está disponível com uma transmissão automática de 7 velocidades.

O Infiniti FX35 RWD foi apresentado em 2009 e pertence à 2ª geração do modelo FX.
Disponível desde o modelo de 2003, o Infiniti FX é um SUV de médio porte de luxo produzido pela marca de veículos de luxo da Nissan, a Infiniti.
Embora seja maior do que ele, o FX chegou ao portfólio da Infiniti como um substituto do QX4. Baseado na plataforma FM, o FX foi lançado ao mesmo tempo que os seus concorrentes, o Porsche Cayenne e o Volvo XC90.
Para a primeira geração que foi vendida entre 2003 até 2008, o Infiniti FX foi oferecido em duas versões diferentes: o FX35 e FX45. Enquanto o FX35 era movido por um motor a gasolina VQ35DE 3,5-litros V6 de 24 válvulas, o FX45 estava equipado com um motor a gasolina VK45DE 4,5 litros, 32 válvulas DOHC V8.
Em 2008 a Infiniti divulgou oficialmente a segunda geração do FX no Salão Automóvel de Genebra. O FX35 continuou disponível enquanto o FX45 foi substituído pelo FX50, alimentado pelo motor a gasolina VK50VE 5,0-litros V8 recém-desenvolvido. Para o mercado europeu a Infiniti acrestentou o FX37, equipado com um VQ37VHR, e o FX30d, movido por um motor diesel 3,0-litros V6 novo (motor V9X).
A marca de luxo Infiniti foi introduzida pela Nissan no mercado americano em 1989. O objetivo era conquistar os segmentos de veículos de luxo dos Estados Unidos que não eram abrangidos pela imagem mais mainstream da Nissan. A marca foi criada mais ou menos na mesma altura em que Toyota criou as duas marcas premium Lexus e Acura. A Infiniti começou por exportar exclsivamente para os Estados Unidos por imposição do governo japonês de forma a que se tornasse mais lucrativo exportar carros mais caros para os Estados Unidos da América.
O lançamento da marca foi feito com o Q45, um modelo baseado na segunda geração do JDM Nissan President. O objetivo era que o Q45 concorresse diretamente com o Mercedes S-Class, o BMW 7 Series, o Jaguar XJ, o Fleetwood Cadillac e o Lexus LS.
O segundo modelo da marca foi introduzido em 1990. O Infiniti M30 era um modelo de duas portas baseaso no Nissan Leopard e foi produzido durante três anos como alternativa ao Lexus SC.
Em 1991 a Infiniti lançou o G20, o terceiro modelo da marca. Desta feita o novo modelo era baseado no Nissan Primera. Em 1993 era a vez da apresentação do J30, um coupé de quatro portas, baseado na terceira geração do JDM Nissan Leopard.
Em meados dos anos 90 a Infiniti continuava atrás da Lexus e da Acura em termos de vendas, com o fracasso de vendas do Q45 e do renascido G20 a falharem o objetivo de impulsionar as vendas.
Em 1997 a Infiniti lançou o QX4, numa versão modificada do Nissan Pathfinder que recebeu interiores de qualidade premium. Com este modelo a Infiniti tornou-se numa das primeiras marcas a oferecerem um SUV de porte médio de luxo, antecedendo os lançamentos do Lexus RX, Acura MDX e do Mercedes-Benz ML320.
O Infiniti FX
No início do novo século as empresas japonesas começaram a sentir os efeitos dos preços dos ativos japoneses e a Infiniti, com a sua pouca atratividade parecia caminhar para o encerramento. A marca voltou a dedicar-se ao desenvolvimento de uma gama desportiva, dinâmica e poderosa de carros de luxo.
O esforço para seguir as pisadas da BMW começaram com o modelo redesenhado de 2002 Q45, mas foi com o G35 que as melhorias de vendas da Infiniti chegaram em 2003. O G35 seria eleito Motor Trend Car of the Year em 2003.
Logo a seguir ao lançamento do G35 chegou o crossover FX que seguiu o embalo do sucesso do sport coupé. Este modelo foi produzido utilizando os mesmos componentes do G35 e foi desenvolvido para os gostos dos consumidores americanos.
Em 2004 a Infiniti acrescentou uma versão de tração às quatro rodas ao sedan desportivo G35 de forma a competir com os modelos semelhantes da Audi e da BMW. Para competir com o Toyota Land Cruiser/Lexus LX470 a Infiniti lançou em 2004 o QX56.
Em 2007 a Infiniti revelou uma versão redesenhada do G35 sedan, uma apresentação que seria seguida em 2008 pelo lançamento da versão coupé do modelo G, o G37. No mesmo ano a marca de luxo da Nissan apresentava o crossover compacto EX35.
Em 2008 Nissan Motors President and CEO, Carlos Ghosn assinalou a chegada da Infiniti à Europa no Salão Automóvel de Genebra. A marca passava a disponibilizar quatro modelos no velho continente: o FX37 e o FX50, o G37 o G37 coupé e o EX37. Agosto de 2010 marcou o lançamento da divisão de automóveis de performance da Infiniti: a Infiniti Performance Line, ou IPL.

Outros veículos sugeridos: