Pastore Car Collection

ver filtros
Categorias
Fabricante
Ano
Opcionais
Vendido

Ford Cobra

Ford Cobra

  • Informações Gerais

    Marca: Ford
    Modelo: Cobra
    Ano Fabricação/Ano Modelo: 1968/1968
    Cor: Cinza Iridium
    Portas: 2
    Conversível: Sim
    Quilometragem: 1.045
    Dimensões - Comp./Largura/Altura (mm): 3962/1727/1245
    Ocupantes: 2

  • Mecânica e Segurança

    Combustível: Gasolina
    Motor: 302 pol³ V8
    Potência: 197 CV
    Velocidade Máxima: 190 Km/h
    Câmbio: Manual - 3 Velocidades
    Tração: Traseira
    Aceleração 0-100km/h: 11,5 Segundos
    Freios: Disco Dianteiro e Tambor Traseiro
    Rodas: R15 - Pneus Cooper Cobra
    Direção Hidráulica: Sim

  • Acessórios/Opcionais

    Bancos: Em couro

  • Informações Extra

    País de Origem: Brasil

ATENÇÃO! Devido a grande rotatividade em nosso estoque, se faz necessário a consulta diretamente em nossa loja para certificar de que o veículo ainda se encontra sob nossos cuidados. O valor do anúncio deve ser confirmado, pois o mesmo pode ter sido ajustado em nossa loja e ainda não ter sido modificado neste site. Obrigado pela compreensão. Pastore Car Collection.

Observações

Réplica Shelby Cobra 1968/1968 na cor Cinza Iridium, com Pneus Cooper Cobra Radial GT e motor V8 302pol³ de Ford Maverick, câmbio, embreagem e chassi de Ford Galaxie, e suspensão e sistema de freios do Opala 6cc.

Em setembro de 1961, Shelby escreveu à AC solicitando um carro construído sob medida para aceitar um motor V8. A AC aceitou a encomenda, contanto que um motor adequado fosse providenciado. Primeiro Shelby procurou a Chevrolet em busca de fornecimento de motores, mas temendo competição com o Corvette eles se recusaram. A Ford, entretanto, desejava um carro para competir com o Corvette, e por acaso possuia um novíssimo motor de bloco pequeno adequado a tal propósito - o motor Ford Windsor de 4,2l de ferro fundido, preparado para alta performance. Em janeiro de 1962 mecânicos da AC Cars em Thames Ditton, Surrey, instalaram no chassis protótipo CSX2001 o motor Ford V8. Após testes e modificações, o motor e transmissão foram removidos e o chassis foi enviado para Shelby em Los Angeles em 2 de fevereiro de 1962. Sua equipe o equipou com motor e transmissão em menos de 8 horas e começou a testá-lo nas ruas.

Os primeiros 75 Cobra Mark I (incluindo o protótipo) foi equipado com o motor de 4,2 L. Os 51 Mark I restantes receberam uma versão maior do motor Ford Windsor, a de 4,7 L V8. No final de 1962 Alan Turner, engenheiro chefe da AC, realizou uma grande mudança na dianteira do carro, e conseguiu equipá-la com direção de pinhão e cremalheira, mantendo a suspensão por lâminas transversas. O novo carro entrou em produção em 1963 e foi chamado de Mark II. Os braços de direção vieram do MGB enquanto a nova coluna de direção veio do Fusca. Cerca de 528 Cobras Mark II foram produzidos até o verão de 1965.

O desenvolvimento do Mark III foi projetado em cooperação com a Ford em Detroit. Um novo chassis foi construído utilizando tubos de 4 polegadas (ao invés de 3") e suspensão por molas. O novo carro também tinha paralamas mais largos e uma entrada de ar maior para o radiador. Foi equipado com o motor Ford 427 de (7.0 L) com 425cv, que fornecia uma velocidade máxima de 262 km/h no modelo convencional e 485cv e 180 milhas por hora no modelo de competição. O Cobra Mark III começou a ser produzido em 1 de janeiro de 1965; dois protótipos foram enviados aos EUA em outubro de 1964, para serem finalizados na oficina de Shelby. Curiosamente, 31 carros de competição não vendidos foram "despreparados" e vendidos como versões de rua, e nomeados S/C (semi competition, semi competição). Hoje eles são as versões mais raras e mais valiosas, podendo ser vendidos por mais de um milhão e meio de dólares.

Outros veículos sugeridos: