Pastore Car Collection

ver filtros
Categorias
Fabricante
Ano
Opcionais

Dodge Charger R/T

Cancelar oferta

Oferta para o veículo Charger R/T 1976

Cancelar compartilhamento

Dodge Charger R/T

  • Informações Gerais

    Marca: Dodge
    Modelo: Charger R/T
    Ano Fabricação/Ano Modelo: 1976/1976
    Cor: Branco Valência
    Portas: 2
    Quilometragem: 94.413
    Dimensões - Comp./Largura/Altura (mm): 4960/1810/1390
    Ocupantes: 5
    Valor: R$ 210.000,00

  • Mecânica e Segurança

    Combustível: Gasolina
    Motor: 318pol³ V8
    Potência: 208 CV
    Velocidade Máxima: 181 km/h
    Câmbio: Automático - 3 velocidades
    Tração: Traseira
    Aceleração 0-100km/h: 11 Segundos
    Freios: Disco Dianteiro e Tambor Traseiro
    Rodas: R15
    Direção Hidráulica: Sim

  • Acessórios/Opcionais

    Bancos: Em couro
    Sistema de Som: Original - Rádio AM/FM

  • Informações Extra

    País de Origem: Brasil

ATENÇÃO! Devido a grande rotatividade em nosso estoque, se faz necessário a consulta diretamente em nossa loja para certificar de que o veículo ainda se encontra sob nossos cuidados. O valor do anúncio deve ser confirmado, pois o mesmo pode ter sido ajustado em nossa loja e ainda não ter sido modificado neste site. Obrigado pela compreensão. Pastore Car Collection.

Observações

Dodge Charger R/T 1976/1976, todo de plaqueta (LP23), na cor Branco Valência (LW2) e câmbio automático. Veículo em ótimo estado de conservação, possuindo manual do proprietário.

Motor 318 pol³(5.2 litros) e Cilindrada 5.212 cm³
Potência 208 cv a 4400 rpm
Torque 42,0 kgfm a 2400 rpm

O começo da década de 70, foi marcada pele efervescência na indústria nacional. A sensação de prosperidade no período fez com que cada vez mais opções de carros surgiam e grandes montadoras americanas começavam a construir modelos em solo brasileiro. Assim como a GM fez com o Opala no Brasil em 1968, a Chrysler trouxe o Dodge Dart para se estabelecer por aqui no ano seguinte. As semelhanças não param por aí, ambas lançaram inicialmente a versão quatro portas de seus respectivos carros para, em seguida, lançar a versão coupê.

Em outubro de 1970, a Chrysler adicionava os coupês à linha Dart e, em novembro daquele ano eram lançados o LS e o R/T, já como modelos do ano seguinte. Ambos pegavam emprestado a alcunha de um modelo diferente e maior, o Dodge Charger R/T americano. O Charger R/T, por toda uma geração povoou o imaginário dos amantes de carro.

Com 208 cavalos, ultrapassava facilmente os 180 km/h e acelerava de 0 a 100 km/h em 11 segundos. Essa marca era obtida graças à elevada taxa de compressão do motor, que obrigava o Charger a consumir gasolina azul.

Outros veículos sugeridos: